Escolta Armada

Se você mora no Rio de Janeiro como nós do Ritmos, então deve saber que não está nada seguro por aqui. Domingo de sol virou sinônimo de arrastão. Deu mole no ponto de ônibus e adeus celular. Vidro aberto enquanto está preso no trânsito (provavelmente durante muitas horas do seu dia…)  e “flw vlw” carteira. A coisa está preta! Mas, eu tenho uma boa notícia para você:

“Porque a seus anjos ele dará ordens a seu respeito, para que o protejam em todos os seus caminhos;” (Salmos 91:11)

Na verdade, eu poderia ter transcrito todo o salmo 91. Afinal, no versículo 4 ele diz: “Ele o cobrirá com as suas penas, e sob as suas asas você encontrará refúgio; a fidelidade dele será o seu escudo protetor”. Tem também, no versículo 7, o famoso “mil poderão cair ao seu lado; dez mil, à sua direita, mas nada o atingirá”. Sem falar no verso 10 que nos promete que “nenhum mal o atingirá, desgraça alguma chegará à sua tenda”. E por aí vai…

O problema é que muitas pessoas conhecem o salmo 91, mas ainda vivem inseguras e apavoradas por aí. Então, deixe-me te mostrar a promessa de segurança que Deus tem para você, através de dois personagens superstars da Bíblia: José e Eliseu.

José é para muitos estudiosos o símbolo mais completo de Jesus no Antigo Testamento. Sua história é muito – muito mesmo! – parecida com a de Jesus. Por ora, quero focar no momento em que seus irmãos o jogam no poço e simulam sua morte. Eles pegam o sangue de um animal, mergulham a túnica de José e a levam a Jacó. Este momento fala profeticamente sobre o Cordeiro pascal que seria traído pelos seus próprios irmãos (Israel) e morreria na cruz pelo pecado de todos nós. Lembre-se que os soldados romanos jogaram sortes pela túnica de Jesus – um objeto simples que corrobora este paralelo. Dito isso, é importante entendermos onde tudo isso aconteceu.

Respondeu o homem: “Eles já partiram daqui. Eu os ouvi dizer: ‘Vamos para Dotã’.” (Genesis 37:17)

Dotã não é o lugar mais badalado da Bíblia. Na verdade, só é citado duas vezes durante todo o livro. A primeira é na história de José que acabamos de ver. A segunda, é em 2 Reis 6.

“Ordenou o rei: “Descubram onde ele está, para que eu mande capturá-lo”. Quando lhe informaram que o profeta estava em Dotã, ele enviou para lá uma grande tropa com cavalos e carros de guerra. Eles chegaram de noite e cercaram a cidade. O servo do homem de Deus levantou-se bem cedo pela manhã e, quando saía, viu que uma tropa com cavalos e carros de guerra havia cercado a cidade. Então ele exclamou: “Ah, meu senhor! O que faremos?” O profeta respondeu: “Não tenha medo. Aqueles que estão conosco são mais numerosos do que eles”. E Eliseu orou: “Senhor, abre os olhos dele para que veja”. Então o Senhor abriu os olhos do rapaz, que olhou e viu as colinas cheias de cavalos e carros de fogo ao redor de Eliseu.” (2 Reis 6:13-17)

O lugar onde José desceu ao poço e quase foi morto, apontando simbolicamente para a morte de Jesus na cruz, foi onde Deus protegeu Eliseu do exército inimigo. Suspeito, então, que existe uma relação direta entre esses dois acontecimentos: a cruz e a proteção de Deus. E como existem! Jesus venceu sobre as trevas na cruz e tudo que possa te trazer medo, perigo ou insegurança.

Mais que isso, Deus literalmente enviou anjos a respeito de Eliseu. Exatamente a escolta armada que Salmos 91 nos promete. E perceba que não são anjos bonitinhos e fofinhos armados com harpas e flautas. São anjos de guerra montados em cavalos e carros de fogo e armados até os dentes. Em outras palavras, Deus mandou o BOPE dos céus por Eliseu.

Entenda o seguinte: o inimigo sempre tentará desafiar a sua fé sobre aquilo que Jesus conquistou para você. Então, medite continuamente sobre isso. Sempre que estiver na rua lembre-se e confesse que os anjos do BOPE do Senhor estão te guardando e te protegendo. Lembre-se e confesse que mil poderão cair ao seu lado; dez mil, à sua direita, mas nada o atingirá. Lembre-se e confesse que nenhum mal o atingirá, desgraça alguma chegará à sua tenda. Lembre-se e confesse que Jesus é a sua segurança!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: